Gazeta Carajás - O genuíno portal de notícias do sul e sudeste do Pará

MENU

Notícias / Geral

Weber Galvão, o fiel escudeiro

Prefeito interino de Tucuruí, Weber tem inclinação à subserviência e mostra fidelidade a Alexandre Siqueira mesmo quando a justiça o obriga a fazer o contrário

Weber Galvão, o fiel escudeiro
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Afinal de contas, quem governa Tucuruí neste exato momento? O prefeito interino ou o prefeito cassado?

Essa é a pergunta que ecoa nos quatro cantos do município nesta quinta-feira (30), dia em que os servidores públicos tucuruienses deveriam receber seus proventos referentes ao mês de março – o que não aconteceu.

A resposta para a pergunta quase retórica é a seguinte: quem governa Tucuruí hoje é Weber Galvão, o fiel escudeiro.

Publicidade

Permita-me explicar melhor...

Weber Galvão tem inclinações naturais à subserviência, o que não é um crime ou problema, longe disso. Cada um é o que consegue ser e Weber não pode ser julgado por isso.

Ao longo de toda sua trajetória política, sempre viveu politicamente à sombra do irmão Jones William, prefeito eleito de Tucuruí em 2016 e assassinado por um jagunço em julho de 2017. Ao contrário de Jones, Weber é tímido, apesar de ser considerado um “cara bacana”, e não parece ter vocação para liderança.

Foi eleito vereador após apadrinhamento político de Alexandre, que também se beneficiou da comoção municipal pela morte de Jones. Após se tornar legislador, suas principais tarefas são apoiar Alexandre incondicionalmente, visita-lo quase que diariamente e até dirigir o carro para o prefeito cassado.

Como se tornou presidente da Câmara? Ora, com a força política de Alexandre!

Ao ver o seu Dom Quixote cassado, o fiel escudeiro Weber postou imediatamente uma arte em apoio ao cavaleiro. O seu perfil do Instagram foi imediatamente alterado em apoio ao amigo.

O forte laço entre os dois políticos provocou, inclusive, a demora que se viu para que Weber assumisse como prefeito interino. Resultado: contas bloqueadas e a demora para que o fiel escudeiro tenha acesso às senhas de banco da Prefeitura.

O principal trabalho de Weber como prefeito é fazer de tudo para que o seu Dom Quixote retorne ao cargo para qual foi eleito. Tucuruí não é uma prioridade hoje para o fiel escudeiro. Weber é fiel a Alexandre até quando a justiça o obriga a não ser.

Tímido, subserviente, fiel até o fim e com o destino de milhares nas mãos. Tucuruí vive um período de emergências e não há tempo para que Weber confunda moinhos de vento com dragões – e nem o contrário.

 

Comentários:

Kleysykennyson Carneiro

Publicado por:

Kleysykennyson Carneiro

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!