Gazeta Carajás - O genuíno portal de notícias do sul e sudeste do Pará

Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024
MENU

Notícias / Geral

Ubirajara Sompré atua em defesa dos povos indígenas nos Diálogos Amazônicos em Belém

A mesa de discussão reuniu figuras influentes, incluindo o renomado cacique Raoni, e Ubirajara Sompré, secretário-adjunto da Sepi, que tem participado de grandes ações importantes para os povos indígenas

Ubirajara Sompré atua em defesa dos povos indígenas nos Diálogos Amazônicos em Belém
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No último domingo, 6 de agosto, o Parque dos Igarapés em Belém testemunhou um evento de destaque na programação dos “Diálogos Amazônicos”, no qual temas cruciais relativos aos povos indígenas na América do Sul foram amplamente debatidos. No epicentro da mesa intitulada “Deslocamento forçado de povos indígenas na América do Sul – sociobioeconomia ancestral como estratégia de defesa dos territórios”, estava a Secretaria de Estado dos Povos Indígenas (Sepi).

Reunindo notáveis lideranças indígenas do Estado do Pará, incluindo o renomado cacique Raoni, e Ubirajara Sompré, secretário-adjunto da Sepi, que tem participado de grandes ações importantes para os povos indígenas. Notavelmente, Sompré é ex-vereador de Marabá, adicionando experiência política à sua atuação. A condução das discussões foi realizada por Eli Tupinambá. A plenária abordou questões vitais que circundam as comunidades indígenas.

O evento trouxe à tona os processos de invasão, desterritorialização e expulsões que impactam diretamente as vidas e territórios dos povos originários. Gabriel Tardelli, representante da Acnur – Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para Refugiados, delineou os desafios complexos enfrentados pelos indígenas refugiados, destacando a dualidade entre desterritorialização e deslocamento forçado.

Publicidade

Dentro deste contexto de discussão significativa, a voz de Jhonny Rivas, membro da etnia Warao e refugiado venezuelano, ressoou com a força da importância de manter viva a cultura de seu povo. Com determinação, ele expressou o desejo de compartilhar tradições e artesanatos de 12 comunidades indígenas em Belém e Ananindeua.

A noção essencial da sociobioeconomia emergiu como uma ferramenta para a sustentabilidade e proteção dos territórios indígenas. Amanda Paiva, técnica da Sepi e engenheira florestal, esclareceu que a sociobioeconomia abrange as dimensões social, biológica e econômica. Essa abordagem abrangente valoriza as cadeias produtivas locais, como aquelas envolvendo açaí, castanha e farinha, desde a origem nos territórios até o mercado, fortalecendo a organização e eficácia do processo.

No âmbito do debate sobre a sociobioeconomia, três pilares se destacaram como fundamentais para o fortalecimento das comunidades indígenas em seus territórios: a necessidade de organização através da criação de associações e cooperativas, a relevância da formação técnica para aumentar a competitividade no mercado e o valor das políticas públicas, incluindo medidas de fomento, linhas de crédito e assistência técnica.

Recentemente, em colaboração com a Secretaria dos Povos Indígenas (SEPI), o governador Hélder Barbalho assinou um projeto de lei para viabilizar a contratação temporária de professores e profissionais técnicos da educação voltados aos povos indígenas. Este evento, que integra os “Diálogos Amazônicos”, contou também com a presença destacada do cacique Raoni e de Ubirajara Sompré (secretário-adjunto da Sepi).

Notavelmente, tanto o cacique Raoni quanto Puyr Tembé, titular da pasta, assumiram a liderança da secretaria criada por Hélder Barbalho este ano. Esse compromisso reitera a intenção de abordar as complexas questões enfrentadas pelos povos indígenas, buscando soluções sustentáveis e respeitosas para a preservação de suas culturas e territórios.

(Portal Debate Carajás, com Agência Pará)

Comentários:

Kleysykennyson Carneiro

Publicado por:

Kleysykennyson Carneiro

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!