Gazeta Carajás - O genuíno portal de notícias do sul e sudeste do Pará

Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024
MENU

Notícias / Polícia

Em marabá, PF prende suspeito de incitar atos de violência em terra indígena

Em 2023, foram destruídas pontes para barrar operação contra desmatamento

Em marabá, PF prende suspeito de incitar atos de violência em terra indígena
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Federal prendeu, na manhã desta quinta-feira (25), um suspeito de ter incitado atos violentos em setembro do ano passado para impedir o combate ao desmatamento na Terra Indígena Ituna-Itatá, que fica nos municípios de Altamira e Senador José Porfírio.

O alvo estava foragido desde a operação Contra Golpe, da PF, em setembro de 2023, que visou autores e participantes dos ataques naquele mesmo mês. 

Após as investigações apontarem que ele estava morando na casa da namorada, em Marabá, o Grupo de Capturas da Delegacia de Polícia Federal na cidade realizou a prisão, com base em mandado de prisão preventiva veio da Justiça Federal, 1a Região. 

Publicidade

As investigações também apontaram que o suspeito usava o aplicativo WhatsApp para enviar arquivos de áudio para diversos grupos de moradores da Vila Mocotó, localizada nas imediações da TI Ituna-Itatá, e região, no qual incitou explicitamente a prática de atos de violência e ilegalidade, tais como a derrubada de pontes, depredação de bens públicos e confrontos violentos com agentes de segurança.

Fonte/Créditos: Ascom PF

Comentários:

Redação

Publicado por:0

Redação

Redação

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!