Gazeta Carajás - O genuíno portal de notícias do sul e sudeste do Pará

MENU

Notícias / Polícia

Dupla incendeia loja em Piçarra para encobrir anos de furto ao caixa

Maia e Renatha, eram funcionárias da loja de pneus e, durante anos, desviaram dinheiro do caixa da empresa. Quando começaram a ser investigadas, tocaram fogo no estabelecimento

Dupla incendeia loja em Piçarra para encobrir anos de furto ao caixa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um incêndio em uma loja de pneus no município de Piçarra levou à descoberta de um esquema criminoso. Duas funcionárias da loja, identificadas como Maia Louise dos Santos Rodrigues e Renatha de Sousa Silva, foram detidas nesta quinta-feira (24) por desviar dinheiro do caixa da empresa. O incêndio, na realidade, foi uma tentativa de encobrir as atividades ilegais das suspeitas.

Durante a madrugada de terça-feira (22), um incêndio de grandes proporções ocorreu no estabelecimento localizado na Avenida Araguaia de Piçarra. A Polícia Civil foi informada e, em conjunto com o Centro de Perícia Renato Chaves, começou a investigar o incidente.

As suspeitas, Maia e Renatha, eram funcionárias da loja de pneus e, durante anos, desviaram dinheiro do caixa da empresa. Elas usavam transferências bancárias no meio das atividades financeiras para esconder o desvio. Quando a empresa começou a fiscalizar as transações bancárias, as duas incendiaram a loja para encobrir o desfalque.

Publicidade

Após a investigação e a devida autorização, a dupla foi presa preventivamente. Itens obtidos ilegalmente, como joias, R$ 6.800,00 em dinheiro, smartphones, um Macbook, armas de airsoft e uma motocicleta XRE, foram apreendidos. A ação para cumprimento dos mandados de prisão contou com o apoio da Polícia Militar de Piçarra.

Além disso, as autoridades estão buscando mais informações para determinar se outras pessoas estão envolvidas no crime. Maia e Renatha aguardam ação do Poder Judiciário de São Geraldo do Araguaia, município vizinho.

A investigação continua para esclarecer todos os detalhes dessa empreitada criminosa.

(Thays Araujo - Correio de Carajás)

Comentários:

Kleysykennyson Carneiro

Publicado por:

Kleysykennyson Carneiro

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!