Gazeta Carajás - O genuíno portal de notícias do sul e sudeste do Pará

MENU

Notícias / Geral

Conheça Gseth, voz do hip-hop em Canaã dos Carajás

Jovem negro e periférico, Gseth canta o cotidiano do gueto em rimas e sonha em levar sua música aos quatro cantos do planeta

Conheça Gseth, voz do hip-hop em Canaã dos Carajás
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Se você ainda não ouviu falar em Gseth, se prepare, pois chegou a hora de conhecê-lo. Gseth é um cantor e compositor de hip-hop que mora e faz música em Canaã dos Carajás. Com quatro anos de carreira, já lançou clipes e sonha em vencer na vida com sua música. Enquanto isso não acontece, Gseth concilia o trabalho com o seu ofício artístico, mas a vida nunca foi fácil para este jovem.

Aos 13 anos, ainda no Maranhão, Genildo Araújo começou a trabalhar como ajudante de pedreiro, vendedor de geladinho, além de ajudar em lava-jatos e pizzarias. Foi neste mesmo período que começou sua paixão pela música, cantando em corais de igrejas. Após a separação de seus pais, se mudou para a cidade de Ceilândia no Distrito Federal – grande celeiro do hip-hop.

Passando por inúmeras dificuldades sociais e financeiras, Genildo fez escolhas erradas e acabou cooptado pela criminalidade. Foi preso pela polícia e precisou cumpriu medida socioeducativa. E foi no período mais difícil de sua vida, entre os quartos apertados e frios de uma unidade de internação, que redescobriu a música. Participando de projetos sociais, conheceu grandes artistas e influências positivas do rap. Sempre cantava para os amigos, trazia mensagens de conforto e superação.

Publicidade

Dentro da unidade de internação, Genildo conheceu o professor Walter Muganga, que o convidou para participar de uma banda dentro da unidade. Na banda, o jovem aprendeu a tocar instrumentos e aprimorou seu canto. MCs e educadores, como o poeta e escritor Markão Aborígine, Saulo 3RG e Nexx contribuíram com o projeto e, por meio dele, Genildo gravou oficialmente sua primeira música.

A partir deste projeto apresentou-se em inúmeros eventos promovidos pelo sistema socioeducativo. Cantou em simpósios, conferências, escolas públicas e centros culturais por todo o Distrito Federal. Junto ao Instituto de Estudos Socioeconômico, teve poesia publicada em livro e apresentou-se em exposições.

Em 2020, lançou seu primeiro single que se chama “Esqueci da hora”. A música marca a mudança em sua trajetória de vida.  Com este lançamento, o jovem Genildo passa a se chamar GSeth, unificando a inicial de seu nome ao que acredita ser o número perfeito, ou seja, o sete. A letra H, ao final, refere-se a humanidades, assim, deseja que sua música reconheça e respeite todas as humanidades, que sua música alegre, entretenha, mas também defenda os direitos humanos de todas a pessoas.

No mesmo ano, o artista veio para Canaã dos Carajás e contribuiu/promoveu diversos eventos socioculturais, cantando em lives durante a pandemia, praças e no lago da cidade.  Dentre as agendas, GSeth destaca o convite que recebeu para cantar no 2º Festival Literário e Artístico de Canaã dos Carajás (FLACC). O cantor também participou de programas de TV e Web locais, além de sua música ser presença permanente na programação das rádios da região.

GSeth é pai de dois filhos e relata que já passou por muitas provações e preconceitos. “Já zombaram das minhas rimas, porém sempre teve para apoiar a minha arte. Sou jovem, negro e periférico com muito orgulho e estou determinado a buscar meus sonhos. Para isso, vou cantar minha vivência na quebrada, com objetivo de apontar caminhos saudáveis e conscientes para outros jovens.”

Confira o clipe de Esqueci da hora.

Comentários:

Kleysykennyson Carneiro

Publicado por:

Kleysykennyson Carneiro

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!