Gazeta Carajás - O genuíno portal de notícias do sul e sudeste do Pará

Domingo, 16 de Junho de 2024
MENU

Notícias / Sul e sudeste do Pará

Cidades do sul e sudeste do Pará têm potencial para desastres ambientais; veja a lista

De acordo com levantamento do Governo Federal, mais de 17 mil pessoas do sul e sudeste do Pará estão em risco

Cidades do sul e sudeste do Pará têm potencial para desastres ambientais; veja a lista
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Casa Civil do governo Lula (PT) listou quase 1.942 municípios brasileiros monitorados como áreas de risco para enxurradas, deslizamentos e inundações. Desse total, 82 municípios são do Pará e 8 são na região sul do estado, incluindo São Félix do Xingu, Tucumã, Redenção e Rio Maria (que sofreu com inundações em janeiro deste ano). O documento aponta áreas que devem ser vistas como prioritárias para ações de governo para prevenção. 

Esse levantamento foi feito em 2023 pela Secretaria Especial de Articulação e Monitoramento da Casa Civil, que faz parte dos estudos para o Novo PAC. Pela nota, os 8 municípios do Sul do Pará suscetíveis a riscos de desastres naturais, somam mais de 17 mil pessoas nas áreas monitoradas como mais críticas.

“Diante dos desastres ocorridos que causaram tantas perdas humanas, desabrigados e desalojados, além de incontáveis danos materiais e de degradação ao meio ambiente, é fundamental promover ações governamentais coordenadas voltadas à gestão de riscos e prevenção de desastres”, informa o órgão.

Marina Silva, ministra do Meio Ambiente, já havia informado, após a tragédia do Rio Grande do Sul, que cerca de 2 mil municípios do Brasil deveriam ser colocados em situação de emergência. O objetivo seria início do preparo para desastres provocados pelas mudanças climáticas.

“Ao decretar emergência climática, você pode ter ações que sejam continuadas, às vezes de remoção de população, de drenagem, de encosta, de uma infraestrutura que seja adequada, sistemas de alerta que sejam rápidos, combinando tecnologia com relação e em integração com a comunidade”, disse Marina Silva, em entrevista à CNN.

Veja a lista de 82 municípios do Pará suscetíveis a enxurradas, deslizamentos e inundações:

  1. Abaetetuba
  2. Acará
  3. Água Azul do Norte
  4. Alenquer
  5. Almeirim
  6. Altamira
  7. Ananindeua
  8. Anapu
  9. Aveiro
  10. Baião
  11. Barcarena
  12. Belém
  13. Belterra
  14. Bom Jesus do Tocantins
  15. Bragança
  16. Brasil Novo
  17. Brejo Grande do Araguaia
  18. Breves
  19. Cachoeira do Arari
  20. Cachoeira do Piriá
  21. Capitão Poço
  22. Castanhal
  23. Chaves
  24. Curuá
  25. Dom Eliseu
  26. Eldorado do Carajás
  27. Gurupá
  28. Ipixuna do Pará
  29. Irituia
  30. Itaituba
  31. Itupiranga
  32. Jacareacanga
  33. Jacundá
  34. Juruti
  35. Marabá
  36. Marituba
  37. Medicilândia
  38. Mocajuba
  39. Mojuí dos Campos
  40. Monte Alegre
  41. Nova Esperança do Piriá
  42. Nova Ipixuna
  43. Novo Progresso
  44. Novo Repartimento
  45. Óbidos
  46. Oriximiná
  47. Pacajá
  48. Palestina do Pará
  49. Paragominas
  50. Parauapebas
  51. Placas
  52. Ponta de Pedras
  53. Porto de Moz
  54. Prainha
  55. Redenção
  56. Rio Maria
  57. Rondon do Pará
  58. Rurópolis
  59. Salinópolis
  60. Salvaterra
  61. Santa Cruz do Arari
  62. Santa Maria das Barreiras
  63. Santana do Araguaia
  64. Santarém
  65. Santo Antônio do Tauá
  66. São Domingos do Capim
  67. São Félix do Xingu
  68. São Geraldo do Araguaia
  69. São João de Pirabas
  70. São João do Araguaia
  71. São Miguel do Guamá
  72. Senador José Porfírio
  73. Soure
  74. Terra Santa
  75. Tomé-Açu
  76. Trairão
  77. Tucumã
  78. Tucuruí
  79. Uruará
  80. Vigia
  81. Viseu
  82. Vitória do Xingu

Quais os municípios no Sul do Pará que estão em risco e qual a situação segundo a Casa Civil:

  • Água Azul do Norte: Enxurrada e inundação. 25 pessoas em risco.
  • Parauapebas: Deslizamento, enxurrada e inundação. 10.298 pessoas em risco.
  • Redenção: Deslizamento, enxurrada e inundação. 568 pessoas em risco.
  • Rio Maria: Enxurrada e inundação. 764 pessoas em risco.
  • Santa Maria das Barreiras: Enxurrada e inundação. 868 pessoas em risco.
  • Santana do Araguaia: Enxurrada e inundação. 2.333 pessoas em risco.
  • São Félix do Xingu: Enxurrada e inundação. 609 pessoas em risco.
  • Tucumã: Deslizamento, enxurrada e inundação. 1.736 pessoas em risco.

Fonte/Créditos: Portal Debate com Fato Regional

Créditos (Imagem de capa): Agência Pará

Comentários:

Redação

Publicado por:

Redação

Redação

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!