Gazeta Carajás - O genuíno portal de notícias do sul e sudeste do Pará

MENU

Notícias / Geral

Canaã: Agosto Verde reforça combate e prevenção à Leishmaniose

Campanha visa intensificar a vigilância e controle da leishmaniose

Canaã: Agosto Verde reforça combate e prevenção à Leishmaniose
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A leishmaniose, uma zoonose de impacto significativo na saúde pública, ganha destaque neste mês de agosto com a campanha Agosto Verde. Durante todo o mês, a Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) vai realizar uma série de ações educativas e preventivas para promover debates e outros eventos sobre as políticas públicas de vigilância e controle da leishmaniose.

A Semana Nacional de Controle e Combate à Leishmaniose foi instituída pela Lei nº 12.604/2012. A data objetiva apoiar as atividades de prevenção e combate à leishmaniose organizadas e desenvolvidas pela sociedade civil, difundir os avanços técnico-científicos relacionados à prevenção e ao combate à leishmaniose.

Por ser uma zoonose de alta relevância para a saúde pública, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) incentiva a prevenção, sempre controlando e informando para a população o que deve ser feito para poder chegar ao ponto que é diminuir o máximo possível a transmissão dessa doença.

A prevenção é a chave para enfrentar a leishmaniose. Conheça as formas de prevenção:

– evitar construir casas e acampamentos em áreas muito próximas à mata;

– fazer dedetização, quando indicada pelas autoridades de saúde;

– evitar banhos de rio ou de igarapé, localizado perto da mata;

– utilizar repelentes na pele, quando estiver em matas de áreas onde há a doença;

– usar mosquiteiros para dormir;

– usar telas protetoras em janelas e portas.

Outras medidas importantes são manter sempre limpas as áreas próximas às residências e os abrigos de animais domésticos, realizar podas periódicas nas árvores para que não se criem os ambientes sombreados, não acumular lixo orgânico, objetivando evitar a presença mamíferos próximos às residências, tais como marsupiais e roedores, que são prováveis fontes de infecção para os flebotomíneos.

“A leishmaniose é uma zoonose que nos preocupa durante o ano inteiro, porém as condições climáticas atuais são favoráveis ao aumento nos números e casos tanto nos cães quanto nos serem humanos, por isso é necessário que todo a população faça sua parte, a prevenção é a melhor forma de controle da leishmaniose.”, enfatiza a gerente da unidade de zoonoses, Wiliam Santos de Sousa.

Durante esse mês inteiro, a UVZ vai estar com ações voltadas para o foco da leishmaniose, onde os agentes de endemias vão estar fazendo toda a parte educativa para a população, visitando as residências, passando as orientações de prevenção e controle, vão estar fazendo palestras nas unidades de saúde, nas escolas, nos centros, levando essa informação para ampliar o combate e prevenção dessa zoonose.

Confira a programação:

19/08 – VS-52

26/08 – Praça Novo horizonte

29/08 – Vila dos Imigrantes

30/08 – Vila Ouro Verde

31/08 – Vila Feitosa

Comentários:

Kleysykennyson Carneiro

Publicado por:

Kleysykennyson Carneiro

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!