Gazeta Carajás - O genuíno portal de notícias do sul e sudeste do Pará

Domingo, 16 de Junho de 2024
MENU

Colunas / Coluna do Felipe Vasconcelos

Protagonismo brasileiro no debate energético pode ser amplificado após acordo com Agência Internacional de Energia

Em sua coluna de estreia, jovem Felipe Vasconcelos fala sobre transição energética do Brasil nos próximos anos

Protagonismo brasileiro no debate energético pode ser amplificado após acordo com Agência Internacional de Energia
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No início deste ano, o Brasil, na figura do ministro de Minas e Energia Alexandre Silveira, assinou um acordo de cooperação com a Agência Internacional de Energia (AIE) pela cooperação na transição energética brasileira e mundial. O documento, segundo analistas e estudiosos, pode representar um bônus ao protagonismo brasileiro no debate ambiental e energético mundial, o que pode se refletir em ganhos para o país.

Não é segredo que o Brasil vem na busca de alcançar uma posição de destaque no cenário internacional nos debates sobre transição energética e sustentabilidade, com esse objetivo já tendo sido colocado por figuras como o chanceler, o ministro de Minas e Energia e até o próprio presidente da República. Além disso, a própria geografia brasileira já coloca o Brasil em uma posição vantajosa para pautar tais discussões e estamos alcançando gradualmente esse protagonismo, segundo o próprio diretor da Agência Internacional de Energia, que destaca a importância do Brasil no debate sobre sustentabilidade energética.

Foi com tal posicionamento em mente que o Brasil buscou a negociação e assinatura de um tratado com a Agência Internacional de Energia, pautando especificamente o tema de uma transição na matriz energética. Em tal documento, foi acordado entre as partes um esforço conjunto não só para alcançar uma reforma bem-sucedida na nossa matriz nacional, mas em elevar a discussão quanto à energia na política internacional.

Com tais objetivos postos no acordo, o Brasil e a Agência concordaram também nas ações que serão tomadas para alcançá-los. É colocado que as partes irão compartilhar bases de dados e estudos referentes à questão energética a fim de ter uma melhor preparação e conhecimento para a transição e, mais importante, é colocado também que o Brasil, como já havia proposto antes em Cúpula no Rio de Janeiro, irá colocar o debate da sustentabilidade como prioridade nas discussões do G-20, órgão que o Brasil está presidindo pela primeira vez na história.

O tratado recém-assinado e a aparente disposição do Brasil para liderar tais discussões internacionais podem significar não só uma transição energética bem-sucedida nacionalmente, mas a elevação do prestígio brasileiro no cenário internacional, representando o Sul Global em debates sociais e ambientais e se tornando protagonista nesses debates, que por sua vez se fazem cada vez mais importantes nos fóruns de diálogo globais.

O diretor da Agência ainda pontua, se referindo às cúpulas do G-20 e da futura COP-30: “Acredito que Brasília, que o Brasil em geral, está entrando em um período sem precedentes da história econômica e política nos próximos dois anos".

De acordo com tamanho otimismo do diretor, pode se esperar uma considerável reforma da matriz energética nacional, o que também pode resultar em impactos no sudeste paraense ao passo que se espera a criação de incentivos cada vez maiores para a energia renovável, como possíveis reduções de preços e impostos, medidas que, se forem concretizadas, poderão significar uma considerável renovação nas fontes de energia utilizadas na região durante os próximos anos.

Comentários:

Felipe Vasconcelos

Publicado por:

Felipe Vasconcelos

16 anos, formado no programa de analista internacional da Escola Superior de Relações Internacionais e com cursos em universidades como Georgetown e Harvard, escreve sobre política internacional e como esta influencia o cotidiano da região sul e...

Saiba Mais

Nossas notícias no celular

Receba as notícias do Gazeta Carajás no seu app favorito de mensagens.

Telegram
Whatsapp
Entrar

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!